domingo, 23 de julho de 2017

A história das casas não se faz apenas do passado! Faz-se também do presente que, ao ser vivido, integra a história...
A "Casa da Tia Piedade" é, neste contexto, uma história em construção da qual fazem parte não só as experiências da Tia Piedade (o arroz que fazia; a água que carregava para fornecer a casa,...), mas também as vivências que o Sr. Vitor e a D. Graça partilham com os hóspedes, implicando que cada um dos hóspedes faça da estadia, mesmo que curta como a nossa, uma inesquecível experiência.
É isso que levamos para os Açores (*): uma história reportada ao passado da casa, mas que se vislumbra com um futuro prometedor...não fosse o "presente" repleto de simpatia, hospitalidade e cortesia dos seus proprietários.
Bem hajam. Havemos de voltar
Luís Ferreira, Victor Silva e Samuel Silva
* Os primeiros hóspedes açoreanos!!
  

sábado, 22 de julho de 2017

Graça e Vitor, muito obrigada por tudo! Muito prazer de conhecer-los e de ficar na sua bela casa, um orgulho ser seus primeiros mexicanos!
Jorge e Cecília
Gostamos muito da estadia apesar de ter sido curta! Pequeno almoço simplesmente espectacular...
Obrigado ao Sr, Vitor e a D. Graça pela simpatia e disponibilidade.
Cumprimentos
Albino
Jocelyne
Alex
Sónia
Adriana
Encantados com a fidalguia e calorosa recepção.
Um abraço
Domenico e Zulmira
São Paulo
Tow thumbs to the hosts and the house.
John
Taiwan